starlimprs@starlimprs.com.br Skype: starlimprs
Fones: (54) 3231-5144 / 3231-6322
Whatsapp: (54) 96497730

Cesta de Produtos

Sua cesta contêm:

0 produtos Ver produtos

StarLimp - Dicas de Limpeza

DICAS DE LIMPEZA
PERGUNTAS E RESPOSTAS
FONTE: ABRALIMP - ASSOC. BRASILEIRA DO MERCADO DE LIMPEZA PROFISSIONAL.

Como faço para deixar meu condomínio em perfeitas condições?
Para que o condomínio esteja sempre em boas condições, é importante dar atenção à limpeza de conservação das superfícies das áreas internas e externas. Essa higienização varia de acordo com a sujidade e o tráfego local e, além de necessária, promove um intervalo maior até a realização da limpeza profunda, que necessita da interdição do local e do uso de equipamentos específicos. Apesar de não haver uma regra em relação aos períodos de limpeza, existe a necessidade da retirada imediata da sujeira para evitar sua impregnação, uma possível infiltração, ou até mesmo a deterioração da superfície de determinados pisos. Os mais porosos e sem proteção, por exemplo, carecem de mais cuidados por serem mais suscetíveis. Dentro de um condomínio, a limpeza é realizada para promover aos moradores mais segurança, conforto e saúde. As operações de limpeza devem também obedecer a uma programação preestabelecida e adequada, por exemplo nas áreas comuns do prédio, como hall, elevadores e escadas, devem ser feitas em horários com menor circulação de pessoas, em outras áreas, como banheiros, a higienização leve e a reposição de descartáveis pode ser realizada em qualquer momento.


Como passar o mop pó de forma a obter uma limpeza eficiente?
Primeiro, varra a entrada e as áreas externas das portas da frente. Depois, varra ao redor das saídas e outras áreas de difícil acesso. Passe o mop de pó em todo o piso. Caso exista algum chiclete ou etiqueta grudada no chão, use uma espátula removedora. Após a limpeza, retire todo o lixo e fiapos do mop deixados no piso.


Qual a diferença entre os produtos de limpeza de uso profissional e de uso doméstico?
Os produtos de uso doméstico destinam-se ao manuseio de forma esporádica e intermitente, e os de uso institucional são manuseados por profissionais de forma quase constante ao longo da jornada de trabalho. Os produtos de uso profissional são oferecidos em embalagens maiores; têm um valor unitário (por peso ou quilo) mais caro, embora com uma relação custo-benefício melhor, graças a uma maior concentração de ativos.


Os produtos químicos de limpeza são todos iguais? Qual a diferença entre eles?
Normalmente existem muitos fatores que os diferenciam, assim como são normalmente muito diferentes as superfícies a serem limpas ou as sujidades a serem removidas. Os produtos podem variar pela composição, a mais adequada à condição da limpeza e pela concentração.


Um produto que faz mais espuma limpa melhor?
A espuma não determina se um produto é melhor ou pior, o que define a qualidade de um produto é sua fórmula e sua concentração e se sua formulação é adequada à limpeza daquela sujidade naquela situação. A espuma, quando é necessária tem primordialmente o papel de demarcar a aplicação do produto. Atualmente, por motivos ecológicos procuramos minimizar a espuma dos produtos, pois quanto mais espuma, mais água será necessária no enxágue


O Cloro e a água sanitária limpam bem e têm poder desinfetante?
Estes produtos, apesar de muito alcalinos, têm pouco poder de limpeza, removem pouca sujidade e descolorem boa parte delas. Normalmente sua ação também resulta em ataque à superfície, ou seja, deixa o local mais sujeito a agregar mais sujeira.
Quanto ao poder desinfetante, é realmente muito eficaz. Porém, como se decompõe muito rapidamente, após a aplicação não deixa nenhuma ação desinfetante residual. Nas situações de aplicação no nosso cotidiano são mais apropriados os produtos limpadores seguidos da aplicação de desinfetantes à base de quaternários de amônia e clorexidina que, além de ter efeito bacteriostático que prolonga sua ação depois de aplicado, não apresentam os efeitos colaterais do cloro ou água sanitária, que costumam também estragar muitas vestimentas de quem os aplica.


Como posso saber se um produto desinfetante é bom? A fragrância do produto tem alguma coisa a ver com o seu poder desinfetante?
Um desinfetante não precisa de fragrância para agir. Quando usado em empresas alimentícias e hospitais o produto não pode conter fragrância.
A ação de um bom desinfetante é determinada pela adequação de seu princípio ativo à necessidade do local, bem como sua concentração na aplicação. Caso isto não seja satisfeito, a falta de ação será notada por não eliminar o mau cheiro poucas horas depois do processo. Em casos em que há presença de perfume, esta verificação será dificultada pelo mascaramento da fragrância


Conceito Doméstico x Conceito Profissional
Você precisa saber:

Água e Óleo não se misturam, então como podemos retirar as sujidades oleosas de uma superfície?

Utilizando um Detergente.

Os detergentes são capazes de se misturar com água e com óleo ao mesmo tempo porque as moléculas de um detergente tem uma ponta que é chamada de CABEÇA POLAR que atrai a água e repele o óleo, e a outra ponta e denominada de CAUDA APOLAR que atrai óleo e repele água. Portanto as CAUDAS POLARES ficam na água penetram no óleo e as CABEÇAS POLARES ficam na água formando uma mistura de gotículas de óleo e água chamada EMULSÃO.

No Conceito Doméstico de limpeza o detergente é analisado pelo alto grau de espuma, mas no Conceito Profissional de limpeza os detergentes de baixa espumação ( FINISH CLEANER - DAMP MOP-DA 17) devem ser mais indicados na manutenção diária, pois evitam os desperdícios de água e mão de obra para a retirada da espuma gerada pelos detergentes.



Busca de Produto

Star limp

Avenida Militar 1743
Bairro Glória - Vacaria/RS
Six Interfaces